17 de maio de 2020

Carta ao meu primeiro grande amor

      Nothing else matters no Spotify. Meu espírito se transporta para o banco do seu carro, com o vento forte batendo em meu rosto. […]
8 de maio de 2020

Feliz dia das mães na Pandemia?

      Como será celebrado o dia das mães na oitava semana de pandemia, desde que foi decretado o estado de Calamidade pública na cidade […]
13 de março de 2020

O aniversário de minha mãe

        Ontem foi o aniversário da minha mãe. Já são setenta e sete anos. E há muitos moro longe dela. Como tenho feito […]
4 de janeiro de 2020

O poder cultural de uma língua  &  Os 14 sabores do amor!

        Para quem não fala mais de um idioma, deve ser difícil imaginar, o quanto uma língua é capaz de influenciar a cultura […]
24 de novembro de 2019

Pai e mãe: Me desculpem ter demorado tanto para crescer!

        Quem dera eu soubesse tudo o que eu sei hoje, desde sempre. Quem dera não houvesse a imaturidade e revolta dos tempos […]
27 de outubro de 2019

Quais são suas paixões?

        Das minhas poucas paixões: escrever, nadar e gatos! Tive gatos desde menininha. Me lembro deles desde os dois anos de idade e […]
3 de agosto de 2019

Por que algumas crenças religiosas transformam fiéis em juízes que condenam?

        Do tempo em que morei na Alemanha, posso mencionar pelo menos duas experiências marcantes que tive sobre crença e religião. Num país […]
17 de julho de 2019

O amor na geração dos desapegados

        Se Zygmunt Bauman já mencionava termos como “relações líquidas” há décadas, o que dizer sobre nós, os tristes adultos que são obrigados […]
11 de junho de 2019

Feliz dia dos namorados para quem sabe namorar e se namorar!

        Feliz dia dos namorados para quem sabe namorar e se namorar!     “Damo-nos tão bem um com o outro Na companhia […]
4 de maio de 2019

A maternidade como poder transformador

                  Em que momento nos tornamos mães de verdade? Não falo da gravidez ou do fato de gerar uma criança, mas da abdicação […]
16 de fevereiro de 2019

O vazio e a monotonia que ficam, quando alguém se vai…

      Qual é o tamanho do vazio que fica, quando alguém sai de nossas vidas? Como fica o dia-a-dia com a constante ausência daquela […]
25 de janeiro de 2019

A calcinha e o livro: diferentes reflexos de um desejo

      Como nossos desejos são instigados? De que forma? Quais são os mais profundos? E os que mais importam? Tem gente que instiga nosso […]