3 de novembro de 2015

Não fale, apenas ouça!

      Mesmo que tenhamos a melhor das intenções, sempre que vamos ouvir alguém, automaticamente já elaboramos a resposta quando a pessoa ainda está falando […]
3 de novembro de 2015

Mãe, roubaram a televisão?

    Tudo aconteceu no final da década de oitenta, quando o filme “Nove semanas e meia de amor” ainda era a grande novidade do cinema […]
3 de novembro de 2015

O milagre da vida

    Quase que a minha vida inteira, escutei minha mãe repetir a história da minha “milagrosa” existência. Antes de eu existir, ela havia feito ligadura […]
3 de novembro de 2015

Educação na medida

    Durante tempo lamentei a dureza de meu pai. Com toda sua integridade e inteligência, ele sempre foi mais ríspido no seu jeito de ser. […]
29 de outubro de 2015

As festas de fim de ano

    Poucos dias atrás, achei engraçado ver no Facebook uma foto de um rosto expressando cinismo com o seguinte dizer: “Sou eu…, me preparando para […]
29 de outubro de 2015

Fim de ano

    Se tem algo que tenho escutado muito nas últimas semanas é a seguinte frase: “Estou cansado(a)!”. E confesso que de mim mesma também é o […]
29 de outubro de 2015

O que acontece na infância, não fica na infância

    Há tempos sabemos da importância da infância para uma vida adulta feliz e saudável psicologicamente. Recentemente li um livro que abordava o assunto. O […]
29 de outubro de 2015

O feio exigente

    Curtindo uma tarde no clube, estava rodeada por pessoas na área da piscina. Ao meu lado, havia um casal com uma criança, que até […]
29 de outubro de 2015

A dor que não tem palavras

    Nesta vida experimentamos vários tipos de dores. Dores que a vida trás e outras que a gente mesmo planta. Tem a dor da perda, […]
29 de outubro de 2015

O que é ver um filho crescer?

    Um filho nasce primeiro dentro da gente. Pode ser planejado ou não, mas de um jeito ou de outro, acho que a surpresa é […]
28 de outubro de 2015

O susto

    Apesar de meu gato, o Sacudo, ser extremamente caseiro e medroso, ontem ele me pregou um baita de um susto. Já há oito anos […]
28 de outubro de 2015

Abrindo a porta

    Já em quase seus vinte anos de idade, meu filho não fica mais em casa. Viaja e vive como melhor for. É difícil a […]