3 de novembro de 2015

Um mês sem minha velha vida

    Após quase um mês no novo trabalho e dois quilos a menos, dezenas de reflexões e sensações. Ainda sinto a dor da partida da […]
3 de novembro de 2015

A despedida

    Até hoje o adeus mais dolorido da minha vida havia sido o de outro. Assistir ao meu filho se despedindo de seus amigos; todos; […]
3 de novembro de 2015

Pare de ser romântica!

    – Carolina, pare de ser romântica!. Foi com esta frase que meu professor-orientador me desconcertou em sua primeira orientação ao meu Trabalho de Conclusão […]
3 de novembro de 2015

O salto do sapato

    Atualmente participando de um projeto que visa a implementação de princípios em uma empresa, passei por uma situação que me fez refletir os diversos […]
3 de novembro de 2015

A escritora caloteira

    Depois de seis meses após ter feito um orçamento, finalmente decidi comprar uma janela com isolamento acústico. Se dormir bem já era complicado, em […]
3 de novembro de 2015

O retorno

    Sem muito remorso pela falta de mensagens de natal, fim de ano e até mesmo os meus vários textos semanais, resolvi voltar. Após uma […]
29 de outubro de 2015

E a Camila disse…

    Depois de um dia difícil, lá fui eu para o meu curso de Pós-Graduação. Me arrastando. Com os olhos lacrimejados, eu mesma não entendia […]
29 de outubro de 2015

Cenas Tristes

    Nos últimos dias, vi algumas cenas em um curto espaço de tempo, que me fizeram refletir. Primeiro, vi uma moça linda, bem vestida, caminhando […]
28 de outubro de 2015

Minha vida sedentária

    Durante um módulo de pós-graduação, no qual vivenciei aulas “out door”, praticando atividades físicas, confesso que me entristeci, ao perceber as tantas limitações do […]
27 de outubro de 2015

A menina que escrevia demais

  Quando tinha dez anos de idade, já tinha um caderninho onde fazia meus escritos. Não achava que eles eram importantes ou bem feitos. Apenas os […]
27 de outubro de 2015

Meus textos não são meus

    Não existe nada mais recompensador para um escritor, do que alguém ter sido tocado por suas palavras de alguma forma. A gente escreve não […]
27 de outubro de 2015

O caminho do meio

    Tenho pena das crianças que vivem a sua infância nos dias atuais. Além de terem perdido a deliciosa oportunidade de saber o que é […]