Home Constelação Constelação Familiar Sistêmica – Relato 6 – “A advogada que queria se...

 

 

Uma advogada bem sucedida e com três filhos pequenos estava enfrentando um grande dilema em sua vida. Ela sentia que o amor havia definitivamente acabado e que o seu maior problema estava na sua relação desgastada com o marido. Certa de que deveria se divorciar, mas com receio pela consequência desta separação na vida de seus filhos, ela levou este tema para uma constelação.

Diferente do que a mulher esperava, a constelação logo de início mostrou que tanto ela quanto sua mãe ficavam olhando para algo específico na vida delas, que não a permitiam ver além daquele ponto de vista. A verdade é que sua mãe estava estagnada numa suposta traição do passado por seu cônjuge e sua vida não saía do lugar. O que também feria as pessoas à sua volta.

A jovem advogada estava indo pelo mesmo caminho de sua mãe. Este tipo de repetição de comportamento, igual a de nossos ancestrais, principalmente quando se trata de pai e mãe, ocorre de forma inconsciente. Amamos tanto nossos pais e o honramos tanto, que repetimos o que eles fazem e pensam sem pestanejar. Infelizmente uma grande maioria se encontra nesse comportamento, sem qualquer nível de consciência sobre o assunto. E neste ponto, mais uma vez, a terapia da constelação vem como um despertar, que permite a mudança e melhoria de vida.

Enquanto a constelação acontecia, a cada movimento, ficava ainda mais claro a necessidade de ambas as mulheres se libertarem daquele ponto de vista estagnado que estavam seguindo, embora cada uma em um relacionamento, as duas focavam suas vidas e todo o direcionamento das mesmas, através de uma mágoa, de uma perspectiva dolorida e supostamente imperdoável.

O problema maior daquela advogada não era seu marido, mas a sua inconsciência, que a fazia ver o cônjuge como um grande problema, exatamente como sua mãe o fazia em relação ao seu esposo.

O tempo passou e a advogada continua casada. Aparentemente sua relação está melhorando e continua a caminho de algo melhor.

Muitas vezes um problema, que parece não ter solução, tem sua raiz em algo muito diferente do que se pode ver conscientemente. E antes de se tomar uma decisão importante na vida, a constelação pode ajudar e clarear da maneira mais transparente possível, o melhor caminho a ser tomado.

Por vezes pode se ver um fim, mas que significa sempre um recomeço. Uma nova proposta de vida.

 

 

Mais informações em:

Sobre Bert Hellinger e a Constelação Familiar Sistêmica

http://www.berthellinger.com.br/

 

 

 

 

Deixe um comentário

*