Home Sem categoria O que faz você voar?

O que faz você voar?

O que tira seus pés do chão e faz cessar todos os pensamentos? Um amor desmedido? Uma paixão repentina?

O que faz você se sentir grande e único? Uma inteligência acima da média? Um talento que ninguém tem?

O que faz você rir à toa, mesmo estando sozinho? Uma sensação de liberdade? A realização de um desejo? A compra de um presente para você mesmo?

O que leva você a ter um dia feliz? Uma boa companhia? Seu melhor amigo? Uma festa ou uma balada?

O que faz você vibrar de verdade? O casamento dos sonhos? O príncipe encantado? O desejo de ter um filho? Uma casa mobiliada nos mínimos detalhes?

O que lhe tira da cama logo cedo com o maior entusiasmo? Saber que você tem um grande amor? O emprego que sempre quis? Fazer parte da universidade que sempre sonhou?

O que faz com que você consiga guardar dinheiro ao invés de gastá-lo? Uma viagem? Uma chácara no meio do mato? Um presente para alguém que você ama?

O que faz você suspirar? Seu animalzinho de estimação? Suas lembranças da juventude? Um livro que você leu? Uma série da Netflix? O melhor café que você já tomou na vida?

O que faz você desistir de tudo o que tinha planejado para o dia? O sorriso de uma criança? A visita de sua amiga mais doida? Um avô querido? Uma vontade de ficar em casa?

O que lhe provoca dores no estômago de tanto rir? Uma piada que você já ouviu mil vezes, mas que é contada pela pessoa que você mais ama neste mundo? Reunião de família?

O que faz você arrumar a mala em dois minutos e ir embora, sem ter planejado nada? Uma fuga? O mar?

O que faz com que você tenha uma noite bem dormida? Consciência tranquila? Um trabalho bem cumprido?  A certeza do acordar mais tarde no sábado?

O que você imagina enquanto dirige e ouve a sua música preferida? Como você se imagina? Onde? E com quem?

O que faz você chegar até aqui? Numa sequência de perguntas que lhe instigam o pensar sobre você mesmo, sobre aquilo que lhe move? Uma resposta?  Uma espécie de biscoito da sorte?

Para todas as perguntas, uma viagem para dentro de si mesmo. O se olhar para dentro, em busca de toda e qualquer resposta. O saber que é por dentro que nos encontramos.

O que faz a gente voar é sim o que nos causa o riso, um suspiro, uma vontade de viver ou reviver algo, uma respiração mais profunda, uma sensação de contentamento, de plenitude.

O que faz a gente alçar voo, certamente, é a liberdade de ser quem se é. Sem máscaras, sem regras, sem apenas contas para pagar e as obrigações do dia seguinte.

Ir a tantos lugares sem ter ido a lugar algum.

O saber que todas as respostas da vida e para a vida estão dentro de nós mesmos.

Deixe um comentário

*

error: O conteúdo é protegido!