Home Todos Destaque Qual a sua palavra para definir 2018?

 

 

Já pensou definir o ano de 2018 em apenas uma palavra? Para mim, vou começar com 10: mudança, atitude, superação, diversão, viagem, sonho, escrita, amor, filho e evolução.

As mudanças vieram por fatores internos e externos, enquanto que a atitude veio na coragem em tomar decisões nunca antes tomadas.

Superação foi o ato de passar por cima de acontecimentos ruins e seguir em frente. Leve.

A diversão veio numa das melhores viagens da minha vida, onde viajei com uma nova versão de mim mesma. Como seria viajar comigo, depois de consciência e maturidade adquiridas? Foi quase como se tivesse sido a primeira vez…

Sonho foi a coragem de fazer algo que desejava muito, mas tinha receios. Como quase tudo na vida havia um risco. Assumi e depois colhi.

Escrita significa bem mais do que uma coisa só. Trata-se de sonho, realidade, vocação, vontade, sentimentos e a minha maior válvula de escape. É por onde a arte não apenas passa em mim, mas me atravessa, segura e fica. Seguir nesta direção com estratégia e apoio profissional era algo que eu procurava há tempo. Ter encontrado este caminho e seguir nesses passos no ano que chega é satisfação e nova perspectiva.

O amor chegou e ficou de várias formas, mas acima de tudo na compreensão do que se trata o amor verdadeiro, que vem do querer o bem do outro, seja um pai, um filho, um amigo ou um parceiro. A compreensão de fato sobre como funciona o amor que vem da alma, nos faz esquecer de tudo o que antes se sentiu. Nada supera este amor. Este não necessita retorno. E por mais contraditório que pareça, é justamente neste que o retorno chega.

Filho certamente é a palavra mais forte. Ver seu crescimento, amadurecimento e comprometimento com a própria vida, caminho e luz, foi como ser a espectadora da melhor peça de teatro no cartaz da vida. Ainda tive a sorte de fazer o papel coadjuvante.

Sobre a evolução, que primeiro me destruiu inúmeras vezes, me obrigando a me refazer de maneiras mais fortes…, felizmente estou aqui, mais forte do que nunca. Se nos anos anteriores foi mais dolorido, neste foi aceito com resiliência, fazendo com que a destruição não fosse mais necessária.

Finalizando agora, creio que nenhuma das palavras acima define todas elas juntas, senão REALIZAÇÃO.

Definir um ano de vida em apenas uma palavra nos faz pensar sobre várias, mas mais do que isso, nos permite enxergar quem nos tornamos com tudo que se viveu.

Para um Feliz 2019, antes o ressignificar de 2018!

Em uma palavra!

 

 

 

 

 

Artigos similares

Deixe um comentário

*

error: O conteúdo é protegido!