Home Todos Destaque Às vezes… a vontade de um abraço…

 

Às vezes, eu só queria um colo…, um cantinho onde pudesse ser eu mesma, sem julgamentos, interesses ou amizades passageiras.

Um amor sincero, que saiba o que quer e fique ao meu lado num dia de chuva.

O sentir a vida, apenas com sua leveza e verdade. O som do mar, os passarinhos de manhã, as lembranças do meu pai e da minha mãe.

Untitled Document "Está gostando do meu texto? Veja que interessante esse conteúdo que eu separei da Edduz, espero que goste!"

A sensação dos melhores amigos por perto.

Um mundo sem sua crueldade e vulnerabilidade constante, no vai e vem de situações e pessoas, que variam com os momentos da vida. O “tudo passa”, que por vezes alivia a alma, e às vezes a machuca.

Uma vida sem doloridas saudades e culpas escondidas, mas um suave caminhar rumo ao evoluir de mim mesma.

O sono tranquilo e o acordar cheio de fé e esperança.

O me alimentar sem qualquer ansiedade, o cochilo no meio da tarde, de uma consciência sem anseios.

Sonhos certos e calmos.

A fé que leva em frente, independente do que vier a seguir.

A alegria de ser quem eu sou, com a aceitação dos meus erros e defeitos.

A plenitude de um coração tranquilo, sem carências, mágoas ou vazios.

Um espelho que reflita a paz de minha alma, com mais intensidade do que meus olhos percebem suas rugas e os cabelos brancos.

O silêncio em meio a um mundo cão.

O conhecimento e sabedoria que chegam, me tornando melhor para os que me rodeiam, o simplesmente ser útil.

Por uma vida menos fútil, mas verdadeiramente com significados.

O amor de meu filho, seu carinho e amizade.

A eternidade de meus pais.

Uma vida sem o medo e as incertezas da morte.

O passar do tempo como uma dança.

A memória do que foi bom, de todo amor e dos bichinhos de estimação.

O vibrar com a natureza de manhã até alta madrugada.

A luz do sol, da lua e de mim mesma.

O riso de uma criança.

O abraço de quem se ama.

A companhia de quem pode me tocar a alma.

A beleza de um céu azul e uma grama verde a encher o dia.

Às vezes, eu só queria um abraço, que pudesse ser o melhor lugar do mundo…

 

 

Deixe um comentário

*

error: O conteúdo é protegido!